NOTÍCIAS


Caso Lara: o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o desaparecimento e a morte da adolescente em Campo Limpo Paulista | Sorocaba e Jundiaí


O desaparecimento e a morte da adolescente Lara Maria Oliveira Nascimento, de 12 anos, em Campo Limpo Paulista (SP), causaram comoção em todo o Brasil nos últimos dias. A menina desapareceu no dia 16 de março, quando saiu de casa para comprar refrigerante. O corpo dela foi encontrado três dias depois, 19 de março, em um terreno localizado em Francisco Morato (SP).

Confira a seguir algumas perguntas e respostas para entender o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso:

Quando e como Lara desapareceu?

A menina desapareceu no dia 16 de março, por volta das 13h, após sair de casa para comprar um refrigerante em uma mercearia, na Rua Benedito de Azevedo, no Parque Santana, em Campo Limpo Paulista.

Uma prima da jovem contou que Lara chegou em casa da escola na hora do almoço, por volta das 12h. Logo em seguida, saiu rumo ao estabelecimento.

Os pais da adolescente registraram um boletim de ocorrência comunicando o desaparecimento dela por volta das 15h.

Onde a menina foi vista pela última vez?

A funcionária da mercearia onde Lara foi comprar refrigerante confirmou que a adolescente realmente esteve no estabelecimento, que fica a cerca de 600 metros da casa dela.

A mulher informou que chegou a observar a menina enquanto ela voltava para casa. No entanto, precisou desviar a atenção para atender outro cliente.

Onde foram feitas buscas?

Logo após ter sido comunicada do desaparecimento, a polícia deu início às buscas pela menina, ainda no dia 16 de março.

Na noite do dia 18 de março, cães farejadores do canil da Polícia Militar foram utilizados nas buscas pela adolescente. Um vídeo mostra o trabalho realizado em uma área de mata. Assista:

Cães farejadores ajudaram em buscas por adolescente que sumiu em Campo Limpo Paulista

Cães farejadores ajudaram em buscas por adolescente que sumiu em Campo Limpo Paulista

Vizinhos e familiares também se mobilizaram e espalharam cartazes pelas ruas para ajudar nas buscas. Além das equipes policiais, a família procurou por Lara em bairros de Campo Limpo Paulista e de Francisco Morato .

No dia 18 de março, em entrevista à TV TEM, a mãe da menina, Luana Aparecida Nascimento, contou que não estava conseguindo dormir à noite, pois ficava à espera de notícias da filha.

“Eu não preguei o olho um segundo à noite, passei a noite inteirinha sentada na cadeira olhando para a porta, olhando para a janela para ver ela entrar.”
Mãe de adolescente que desapareceu em Campo Limpo Paulista relatou preocupação — Foto: Reprodução/TV TEM

Mãe de adolescente que desapareceu em Campo Limpo Paulista relatou preocupação — Foto: Reprodução/TV TEM

Quando e onde o corpo foi encontrado?

Três dias depois do desaparecimento de Lara, em 19 de março, policiais encontraram um corpo em um terreno de Francisco Morato , próximo ao local onde a adolescente havia desaparecido. A área foi isolada e a perícia foi acionada.

Horas depois, a Polícia Civil confirmou que o corpo era de Lara. A vítima foi localizada por um jardineiro, em uma área de mata que fica a aproximadamente cinco quilômetros da casa da menina.

Policiais encontraram corpo em terreno próximo a local onde adolescente desapareceu — Foto: Fernanda Elnour/TV TEM

Policiais encontraram corpo em terreno próximo a local onde adolescente desapareceu — Foto: Fernanda Elnour/TV TEM

O corpo tinha marcas de violência?

De acordo com o delegado Rafael Diório, o corpo da adolescente apresentava marcas de violência. No entanto, exames necroscópicos ainda irão detalhar quais tipos de violência a menina sofreu.

“O estado em que o corpo foi encontrado bate com a data em que ela desapareceu. Havia sinais de violência e, por isso, serão realizados exames necroscópicos para determinar quais tipos de violência ela sofreu. Nada foi encontrado próximo ao corpo”, apontou o delegado.

A tia da adolescente, Renata de Oliveira Nascimento, contou que a família recebeu a notícia da morte de Lara por telefone enquanto voltava para casa. Pouco tempo antes, eles haviam recebido uma informação de que a menina teria sido vista.

“Nós vimos uma imagem de câmera de segurança, mas era de uma menina parecida, não era ela. Quando estávamos voltando, recebemos uma ligação. É muita dor, muita mesmo. Meu irmão está arrasado, porque ele é o pai né. Eu vi essa menina nascer, crescer. Fizeram maldade com ela”, desabafou.

Enquanto aguarda os resultados dos exames necroscópicos, a polícia analisa imagens de câmeras de segurança de um comércio próximo ao local onde o corpo de Lara foi encontrado para entender em que momento e onde exatamente ela desapareceu.

Por enquanto, nenhum suspeito de ter matado a menina foi identificado. A polícia também tenta esclarecer os motivos que levaram à morte dela e que tipo de violência ela sofreu.

Além disso, não há informações, até o momento, sobre o velório e o enterro da adolescente.



Fonte: G1


20/03/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
RAIZ SERTANEJA