NOTÍCIAS


Fertilizantes caros obrigam produtores a buscar opções eficientes e mais baratas


Um consultor de fazenda cultiva 90 hectares de grãos, em Araçoiaba da Serra (SP). Usou um produto 100% natural para corrigir o solo. Uma alternativa para diminuir o uso de fertilizantes importados que ficaram mais caros desde o início da guerra no leste europeu.

O produto orgânico que substitui o fertilizante importado, saí de uma mineradora em Araçoiaba da Serra, no interior de São Paulo. A mistura de rocha finamente moída é rica em cálcio, magnésio, fósforo e potássio. A combinação de rochas moídas não agride o meio ambiente.

(Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 24/04/2022)

Fertilizantes caros obrigam produtores a buscar opções eficientes e mais baratas

Fertilizantes caros obrigam produtores a buscar opções eficientes e mais baratas

O NPK é um fertilizante químico, também tem nitrogênio, nutriente que falta no pó de rocha. A saída pode ser uma cama de frango, que é uma fonte do nutriente importante para as plantas de ciclo rápido como milho e soja.

Um levantamento feito pela associação nacional para a difusão de adubos mostra que mais de 85% usados no Brasil são importados e isso gera uma dependência grande no mercado internacional.

Já existe um plano no governo federal para diminuir a necessidade de produtor brasileiro de 85% para 45% até 2050. A ideia é que o produto nacional chegue a lavouras de todo o país.

Atualmente o uso de adubos alternativos chega a cinco milhões de hectares no Brasil, o que equivale a 7% da área cultivada no país.

VÍDEOS: veja as reportagens do Nosso Campo



Fonte: G1


24/04/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
RARIDADADES