NOTÍCIAS


Gambá resgatada com ferimentos ganha 'minicadeira de rodas' para voltar a andar


Uma gambá que foi resgatada com ferimentos ganhou uma ‘minicadeira de rodas’ para voltar a andar. O animal foi salvo por uma dentista de Sorocaba (SP) em estado de choque e todo machucado.

Ao g1, a dentista Débora Cristina de Carvalho contou que viu uma pessoa deixando a gambá em uma rua de Votorantim (SP), em outubro de 2021, e, como forma de tentar salvar o animal, a levou para casa.

“Estava toda machucada por supostas mordidas de cachorro e ainda corria risco de vida por conta de um rompimento na medula espinhal. Na conversa com o veterinário, tínhamos que escolher entre operar, para que ela não tivesse muitas dores fortes, ou fazer a eutanásia. Decidimos dar uma chance a ela”, diz Débora.

Raio-X da coluna da gambá depois da cirurgia — Foto: Débora Cristina/Arquivo pessoal

Raio-X da coluna da gambá depois da cirurgia — Foto: Débora Cristina/Arquivo pessoal

Durante a cirurgia, foi preciso implantar quatro pinos na coluna para tentar dar uma melhor qualidade de vida para a gambá, mas, infelizmente, o movimento das patinhas traseiras dela foi afetado.

“A gambá foi muito forte em todo o processo de recuperação, mas voltar para a natureza não seria mais possível, pois só conseguia se arrastar, assim acabava se machucando.”

Nas últimas consultas com o veterinário, a dentista contou que foi dada a ideia de construir uma cadeirinha de rodas para ajudar a gambá a se locomover com mais facilidade. Débora até pensou em montar uma com canos de PVC, como faz para seus outros animais, mas, como a gambá é muito pequena, não se encaixaria.

Teste da cadeirinha na gambá — Foto: Nelson Nolé/Arquivo pessoal

Teste da cadeirinha na gambá — Foto: Nelson Nolé/Arquivo pessoal

Sabendo que uma clínica especializada em próteses ortopédicas de Sorocaba já havia ajudado outros animais com casos parecidos, a dentista teve a ideia de procurar o local para achar uma solução para a gambá.

No dia 4 de março, Débora conversou com o diretor da clínica, Nelson Nolé, que aceitou o desafio e já acionou a equipe da clínica para criar a cadeira de rodas ao animal.

“O Nelson aceitou de primeira, sendo muito atencioso. Não tenho o que falar dele, está sendo um anjo para mim e para ela”, conta a dentista.

O projeto da cadeirinha é formado por quatro rodas e um colete de plástico, que vai ajudar a afirmar a coluna da gambá.

Modelo da cadeira de rodas da gambá — Foto: Nelson Nolé/Arquivo pessoal

Modelo da cadeira de rodas da gambá — Foto: Nelson Nolé/Arquivo pessoal

“Este caso é um desafio, porque ninguém no mundo fez, ainda mais adaptar um modelo para servir em um gambá. Já está sendo tudo ajustado para que ela volte a andar o mais rápido possível”, conta o diretor da clínica.

Ele ainda conta que já realizou alguns teste na gambá e que está fazendo os ajustes finais. “Sei que ela vai voltar a andar. Hoje ela fica se arrastando, mas, com a sustentação, ela vai conseguir”, diz.

A gambá segue em recuperação aos cuidados da Débora, e aguarda a cadeirinha para poder ter mais liberdade para poder andar. “Está sendo um desafio encantador para todos os envolvidos neste caso, por ser um animal tão especial, que tirou todos da rotina”, finaliza a dentista.

*Colaborou sob supervisão de Ana Paula Yabiku



Fonte: G1


03/04/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
MADRUGADA OBJETIVA F