NOTÍCIAS


Igreja no interior de SP arrecada doações para receber refugiados da guerra na Ucrânia: 'Perderam tudo'


Uma igreja de Sorocaba (SP) está arrecadando doações para receber duas famílias refugiadas da guerra na Ucrânia. A previsão é que elas cheguem na próxima terça-feira (29).

Ao g1, a Igreja Família informou que a recepção dos refugiados da guerra é um movimento liderado pelo Global Kingdom Partnership Network (GKPN), rede com mais de 100 mil Igrejas, em 108 países.

O acolhimento de refugiados já ocorreu em outras guerras ou emergências, como no caso da Síria, quando a igreja pagou pela reconstrução de duas casas para famílias que retornaram ao Brasil e que tinham perdido seus parentes.

Ao total, serão 2.500 famílias e 2.000 órfãos. Os primeiros 300 refugiados já chegaram e foram acolhidos no Paraná. Neste sábado (26), chegam mais 50 refugiados, que serão recebidos nas igrejas do estado de São Paulo.

No primeiro estágio do acolhimento dos refugiados, o GKPN faz a seleção das pessoas nas fronteiras, com a ajuda de igrejas filiadas daquelas regiões. As pessoas podem escolher o país para onde irão.

Todos que estão vindo para o Brasil fizeram esta opção e o governo do país abriu as portas para recebê-los. O próprio GKPN assume os custos financeiros para trazer essas famílias para o Brasil.

No segundo estágio, as igrejas filiadas ao GKPN no Brasil se colocam à disposição e escolhem quantas famílias podem receber, assumindo os custos e cuidados dessas pessoas pelo período inicial de um ano. Os cuidados incluem:

  • Moradia (casa individual para a família, ou seja, os refugiados não moram em casas compartilhadas com brasileiros);
  • Alimentação;
  • Cuidados pessoais com roupas e demais itens básicos;
  • Saúde e estudo;
  • Acompanhamento da família na cidade.

A Igreja Família de Sorocaba vai receber duas famílias na terça-feira, sendo uma com duas avós de 67 e 59 anos, uma mãe de 41 anos, e dois filhos de 15 e sete anos. A outra família é composta por uma mãe com três filhos.

“Todas essas pessoas estão envolvidas em muita tristeza, traumas e dores. Essas duas famílias que estamos recebendo perderam literalmente tudo e algumas mulheres não têm informações sobre seus maridos. Todos tinham casa, carro, emprego, e perderam absolutamente tudo”, informa a igreja.

Com isso, a igreja está atrás de doações que serão essenciais para a estadia das famílias em Sorocaba. Confira quais:

  • Dois apartamentos ou casas (com dois dormitórios, de preferência no mesmo prédio/condomínio ou bairro);
  • Mobília básica (camas, fogão, geladeira, eletrodoméstico, roupas de cama e etc.);
  • Cinco celulares com chip para eles tentarem se comunicar e ter notícias dos parentes na guerra;
  • Tratamento básico de saúde;
  • Escola para os filhos;
  • Alimentação;
  • Trabalho (a maioria dos adultos tem profissão e quer trabalhar);
  • Dois salários mínimos por mês (é um salário mínimo por família enquanto eles estão se estabelecendo em Sorocaba).

A igreja informou que está levantando todos os custos e vai divulgá-los em breve, mas reforça que qualquer ajuda é fundamental neste momento.

Quem quiser saber mais sobre as doações pode entrar em contato com o padre Paulo Oliveira pelo telefone (15) 99613-0120. Para quem quiser ajudar com alguma doação em dinheiro, o PIX da conta do projeto é ucrania@igrejafamilia.online.



Fonte: G1


24/03/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
CHARME