NOTÍCIAS


Moradores relatam dificuldades para retirar remédios pela Farmácia de Alto Custo em Sorocaba


Moradores relataram, em entrevista à TV TEM, que estão com dificuldades para retirar medicamentos na Farmácia de Alto Custo de Sorocaba (SP). A unidade fica no Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS).

É o que tem enfrentado Elzira Fátima de Oliveira, de 63 anos. Um dos medicamentos que a idosa precisa custa em média R$ 250.

Elzira mora em Araçoiaba da Serra (SP), tem o pulmão comprometido e precisa fazer o uso de oxigênio para ter mais qualidade de vida. Em março, o medicamento que ela precisava estava em falta e ela precisou gastar um quarto da renda para conseguir continuar o tratamento.

“Fui obrigada a comprar, a emprestar dinheiro para comprar. Tirei de uma conhecida, ela fez para mim para eu ir pagando aos poucos”, conta.
Moradores relatam dificuldades para retirar remédios pela Farmácia de Alto Custo em Sorocaba — Foto: Reprodução/ TV TEM

Moradores relatam dificuldades para retirar remédios pela Farmácia de Alto Custo em Sorocaba — Foto: Reprodução/ TV TEM

A dona de casa Gisele Barbosa também relatou dificuldades para conseguir remédios. O filho dela tem artrite e faz o uso de um medicamento que custa mais de R$ 5 mil para impedir inflamações nas articulações. Porém, ela não consegue o remédio desde outubro do ano passado.

“Eles dão quatro telefones para ligarmos, mas nenhum atende. Às vezes em que consigo falar com um atendente, eles me informam que não tem o remédio”, explica.

Em nota, a Secretaria de Saúde do estado de São Paulo informou que o serviço chegou a ficar irregular, mas a regularização dos itens está prevista para a primeira quinzena de abril.

Em relação ao medicamento usado pela Elzira, a secretaria informou que já está disponível e que irá comunicá-la para fazer a retirada.

Já sobre o caso da Gisele, o órgão afirma que a responsabilidade de comprar e distribuir o remédio do filho dela é do Ministério da Saúde.

A TV TEM entrou em contato com o Ministério da Saúde para saber da entrega do medicamento, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.



Fonte: G1


11/04/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
TARDE OBJETIVA