NOTÍCIAS


MP apura vídeo que mostra elefanta idosa em truque de circo com tratador em zoo de Sorocaba


Haisa morreu de novembro de 2020, horas depois que uma ONG informou ter entrado na Justiça para apurar a situação do animal, que sofria de artrose. A necropsia feita na elefanta apontou morte natural em função da idade avançada.

MP apura vídeo que mostra elefanta idosa em truque de circo com tratador em zoo de Sorocaba (SP) — Foto: Arquivo pessoal

MP apura vídeo que mostra elefanta idosa em truque de circo com tratador em zoo de Sorocaba (SP) — Foto: Arquivo pessoal

Antes da morte, vídeos publicados nas redes sociais mostraram a situação do animal, que não conseguia caminhar ou se alimentar e tinha machucados pelo corpo. No vídeo publicado pela ONG na última semana, Haisa aparece fazendo truques de circo com um tratador do zoo (veja acima).

A postagem feita nas redes sociais repercutiu entre moradores da cidade, que cobraram as autoridades pedindo a transferência de Sandro.

Conforme apurado pelo g1, o promotor Jorge Marum fez um pedido nesta segunda-feira (28) para que seja apurado se o vídeo se enquadra em maus-tratos. A Prefeitura de Sorocaba não respondeu aos questionamentos da reportagem sobre a situação.

Elefante Sandro, no Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, em Sorocaba, em setembro de 2021 — Foto: Eduardo Ribeiro Jr./g1/Arquivo

Elefante Sandro, no Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, em Sorocaba, em setembro de 2021 — Foto: Eduardo Ribeiro Jr./g1/Arquivo

A recomendação do MP para a transferência de Sandro para um santuário na Chapada dos Guimarães (MT) foi feita após a morte de Haisa, que foi companheira do animal por 20 anos. Desde então, ele é monitorado pela equipe do zoo.

No dia 12 de março, a Prefeitura de Sorocaba havia informado que acatou a recomendação do Ministério Público de transferência do elefante Sandro para o Santuário de Elefantes Brasil, na Chapada dos Guimarães.

  • Quem é Sandro? Conheça o elefante que vive no Zoo de Sorocaba desde 1982
Sandro e Haisa no zoo de Sorocaba (SP) — Foto: Reprodução/TV TEM

Sandro e Haisa no zoo de Sorocaba (SP) — Foto: Reprodução/TV TEM

De acordo com a prefeitura, a decisão da transferência era para buscar o melhor para o bem-estar do animal, em razão da necessidade de convívio com outros indivíduos da sua espécie.

No entanto, um grupo de moradores protestou contra a decisão em frente ao zoológico. Os manifestantes pediram a permanência do elefante no zoo, que já é considerado idoso. Eles mencionaram a transferência do chimpanzé Black, que morreu dois anos após ser transferido ao Santuário de Primatas.

Após a manifestação, o poder público montou uma comissão para decidir o destino de Sandro e, nesta segunda-feira, protocolou um relatório técnico ao MP em defesa da permanência do elefante Sandro no zoológico municipal.

VÍDEOS: reveja as reportagens dos telejornais da TV TEM



Fonte: G1


29/03/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
VIOLADA SERTANEJA