NOTÍCIAS


Polícia identifica dono de arsenal encontrado no interior de SP que pode ter sido usado em ataque em Guarapuava


De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o homem está foragido e as equipes do Deic estão trabalhando para encontrá-lo.

O suspeito, que se chama Everaldo Alves dos Santos, é considerado procurado por envolvimento em roubos. Conforme a investigação, a suspeita é que ele tenha cedido as armas para o grupo e também participado da tentativa de roubo.

Esconderijo de armas foi descoberto em Araçariguama  — Foto: Deic-SP/Divulgação

Esconderijo de armas foi descoberto em Araçariguama — Foto: Deic-SP/Divulgação

Imagens feitas no sítio de Araçariguama onde um arsenal foi apreendido pela Polícia Civil na terça-feira (19) mostram o armamento de grosso calibre escondido (veja no vídeo acima).

O local com as armas pode ter ligação com a quadrilha que atacou o 16º Batalhão da Polícia Militar de Guarapuava e uma empresa de transporte de valores. O crime aconteceu no último domingo (17).

Polícia encontra depósito com armas de quadrilha que fez ataque em Guarapuava

Polícia encontra depósito com armas de quadrilha que fez ataque em Guarapuava

Apreensão de armas e munições em Araçariguama  — Foto: Deic-SP/Divulgação

Apreensão de armas e munições em Araçariguama — Foto: Deic-SP/Divulgação

O arsenal possuía armas, coletes à prova de balas, munição, silenciadores e uniformes falsos da Polícia Civil de São Paulo e da Paraíba, o que indica que o grupo atuava em vários estados. Tudo estava no sótão da casa principal do sítio, no Jardim Meireles.

Um caseiro foi encontrado no local, mas, segundo a polícia, ele não tinha conhecimento do arsenal, que tinha armas de grosso calibre, inclusive, uma metralhadora .50 capaz de derrubar aeronaves. O caseiro foi ouvido e liberado.

Polícia encontra no interior de SP depósito com armas de quadrilha que fez ataque em Guarapuava — Foto: Deic-SP/Divulgação

Polícia encontra no interior de SP depósito com armas de quadrilha que fez ataque em Guarapuava — Foto: Deic-SP/Divulgação

Munições e armas foram apreendias em sítio de Araçariguama  — Foto: Deic-SP/Divulgação

Munições e armas foram apreendias em sítio de Araçariguama — Foto: Deic-SP/Divulgação

Na noite de domingo, mais de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores, segundo a Polícia Militar. Dois policiais e um morador ficaram feridos.

A PM acredita que o assalto tenha sido motivado porque havia um grande montante de dinheiro na sede da Proforte. Os assaltantes fizeram moradores reféns e fecharam os acessos da cidade.

  • Veja o que se sabe sobre o ataque de assaltantes que aterrorizou e deixou feridos
Veículo foi incendiado em frente à unidade da PM, em Guarapuava — Foto: Eduardo Andrade/RPC

Veículo foi incendiado em frente à unidade da PM, em Guarapuava — Foto: Eduardo Andrade/RPC

Ainda conforme a PM, os criminosos estavam equipados com mochilas de mantimentos, kits de primeiros socorros e capacetes balísticos.

O ataque ao 16º Batalhão da Polícia Militar também ocorreu na noite do último domingo. O comandante-geral da PM, coronel Hudson, afirmou que foram apreendidos oito veículos, sendo cinco blindados, sete fuzis, 2.50, e capacetes balísticos.

Ataque em Guarapuava — Foto: Reprodução

Ataque em Guarapuava — Foto: Reprodução



Fonte: G1


21/04/2022 – Objetiva FM

SEGUE A @OBJETIVAFM107.5

(15) 99838-4161

producao@objetiva107.com.br
Buri – SP

NO AR:
RAIZ SERTANEJA